Escultura Labial - Dra. Renata Deschamps - Dentista - Harmonização Orofacial

A Escultura Labial Ideal

22 out 2021 Artigos

Os lábios sempre terão papel de destaque quando falamos em beleza, harmonia e proporção ideal da face. Eles ocupam importância não só na beleza, mas também na função que realizam na fala e mastigação por exemplo.

O que seria o “modismo” dos lábios perfeitos e o que realmente são os lábios perfeitos? Se analisarmos ele em um rosto naturalmente bonito, diríamos que eles precisariam ser volumosos, carnudos, avermelhados ou rosados, bem úmidos, sem ressecamento e com a textura flexível. Aí entra então, uma avaliação mais “neutra” que independe do modismo.

Uma cirurgiã da Califórnia publicou uma investigação sobre o assunto na “JAMA Facial Surgery”, apresentando 580 casos falando da harmonia de tamanhos entre os lábios superiores e inferiores e tamanho deles em relação aos terços da face. O que ela mostrou e estabeleceu para seu ideal de beleza foi bem diferente do que as Selfies com beijinho mostram hoje em dia, onde a beleza dos lábios carnudos ganha destaque independentemente do tipo de rosto, etnia e cultura.

Esclarecer as expectativas do paciente, na consulta inicial, antes de realizar qualquer procedimento é fundamental. Identificar quais são seus desejos e anseios, ainda mais. Costumo dizer que o ideal é a mescla do que o paciente deseja com minha experiência clínica e isso eu preciso saber como vou passar ao paciente, de maneira que ele entenda o correto a fazer, confie no que propus e fique satisfeito com o resultado. O paciente precisa entender que não cabe a ele um lábio como o da Angelina Jolie se ele não é ela, não tem os traços faciais dela. O desejo de mudança na aparência costuma estar relacionado a um evento psicológico interno. Os pedidos mais variados, com as mais variadas expectativas, desde melhorias sutis até as mudanças extremas, exageradas e o vício na harmonização permanece algo comum no desejo de tornar-se diferente esteticamente.

Na minha opinião, os lábios ideais, primeiramente precisam ser enxergados dentro de uma análise facial. Como especialista em Ortodontia também, vejo isso como ponto fundamental. Feita a análise, como proporção entre eles, digo que precisam de harmonia sim, em uma proporção de aproximadamente 1: 1,6 (lábios inferiores sutilmente mais volumosos), simetria, selamento labial, ter flexibilidade e maciez. Acompanhado disto, o profissional precisa entender sobre as características do preenchedor que será colocado. Digo isto porque para mim, alguns requisitos deve haver para ser o ácido hialurônico de tratamento para os lábios. São eles: ser viscoelástico (dar mobilidade, se adaptar aos movimentos dinâmicos dos lábios, sem “engessá-los), consistência média com capacidade de lifting para os contornos (estamos falando em reticulação, quantidade de partículas, propriedades do ácido), fácil de injetar e além de tudo isso, da técnica certa, escolhida para cada tipo de lábio, ou a junção de mais de uma delas. O profissional precisa realmente ser bem habilidoso, saber trabalhar com cânulas e agulha, saber o plano ideal de aplicação do produto e manejo de técnicas.

Dra Renata Deschamps – CRORJ 36127
Especialista em Harmonização Orofacial
Especialista em Ortodontia
Especialista em Dentística

Procurar

+
WhatsApp chat